Connect with us

Política

Deputada Valderez recorrerá em 2ª instância e afirma que “não houve crime”, e mais “provas da inocência serão apresentadas”

Em Nota Oficial, a deputada Valderez Castelo Branco, esboça respeito e tranqüilidade à decisão da 1ª Vara Federal de Araguaína, porém, retifica que recorrerá em 2ª instância, assevera que não houve crime, que outras provas da sua inocência serão apresentadas, que acredita na Justiça e aguarda que os fatos sejam devidamente esclarecidos.

Published

on

Deputada Estadual Valderez Castelo Branco

Por Romilton Pereira
Jornalista DRT 757 MTE-TO

A deputada Estadual, Valderez Castelo Branco (PP), que foi condenada em 1ª instância, recorrerá da sentença que foi proferida pelo juiz federal Victor Curado Silva Pereira, da 1ª Vara Federal Cível e Criminal de Araguaína, no dia 22/03. No processo que será recorrido em 2ª instância, diz que foi apresentado em 2008, licenças aleivosas perante a Caixa Econômica Federal, referente às obras de canalização de córregos no município, entre eles o Neblina, quando na época, Valderez era prefeita de Araguaína.

Secretário Municipal de Meio Ambiente, daquele ano, Nourival Batista Ferreira, foi absolvido devido à prescrição das acusações.

Não houve crime e outras provas da inocência serão apresentadas, afirma Nota

 

Em Nota Oficial, a Deputada Valderez retifica respeito e tranqüilidade em relação à condenação em 1ª instância, quanto à decisão da 1ª Vara Federal de Araguaína. Porém, Valderez reforça que após ser oficializada, recorrerá da decisão em 2ª Instância, e afirma que não houve crime, e que, outras provas da inocência serão apresentadas.

Valderez acredita na Justiça e no esclarecimento do fatos

Na Nota, a deputada Valderez Castelo Branco, que é também a presidente da Comissão de Administração, Trabalho, Defesa do Consumidor, Transporte, Desenvolvimento Urbano e Serviço Público, na Assembleia Legislativa do Tocantins, afirma que “afirma que acredita na Justiça e aguarda que os fatos sejam devidamente esclarecidos”, pontua.

Confira a Nota na íntegra:

 

A deputada estadual Valderez Castelo Branco recebe com respeito e tranquilidade a decisão, mas reforça que, após ser oficializada, recorrerá da decisão em 2ª Instância, pois não houve crime e outras provas da inocência serão apresentadas. A parlamentar afirma que acredita na Justiça e aguarda que os fatos sejam devidamente esclarecidos.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Lidas