Connect with us

Política

Com Ronivon, Kátia cita ex-prefeitos e consórcio do Jalapão; 30 milhões de Vicentinho, Gaguim e Gomes entra na pauta

Published

on

(Foto: Dornil Sobrinho)

Matéria: Romilton Messias
Jornalista DRT-TO 757

 

No gabinete do prefeito de Porto Nacional, na manhã desta segunda-feira (25), a senadora Kátia Abreu (PP), auferiu questões municipais demandadas pelo pessedista, Ronivon Maciel, e discorreu sobre dar continuidade ao programa ‘Catarata Zero’ – que já recebeu investimento de R$ 10 milhões no Tocantins, somando 10 mil cirurgias.  Ponderou também, em colocar o município nas rotas turísticas do Estado. Anunciou a destinação de 1 milhão para recapeamento da malha urbana – com lama asfáltica; explanou sobre produção de peixe, enfatizou e firmou parceria com Ronivon, na agregação do município a um consórcio intermunicipal, que atenderá 12 municípios, com o objetivo de compartilhar entre as prefeituras conveniadas, máquinas e equipamentos.

Kátia mencionou programas de capacitação relacionados às mulheres; como o programa ‘mulher empreendedora’, que incluirá 300 mulheres portuenses no mercado de trabalho.  Por fim, recebeu do novo prefeito de Porto Nacional, o pedido de apoio, quanto às tratativas no Ministério do Turismo, para a liberação de cerca de 30 milhões em emendas.

(Foto: Dornil Sobrinho)

 

Ex-prefeitos

A senadora Kátia Abreu à reportagem, falou sobre democracia.  “A democracia nos proporciona alternância no poder, cada gestor que se elege, tem sempre muita motivação para continuar lutando. Agradecer o que foi feito no passado, isso é muito importante, agradecer os ex-prefeitos, por tudo que fizeram por Porto Nacional, e agora olhar para frente, esquecer as críticas, pois agora o povo espera é desse mandato. Temos que arregaçar as mangas e trabalhar”, alertou a senadora.

(Foto: Dornil Sobrinho)

 

Catarata Zero

De acordo a Senadora, depois da eleição da Câmara Federal e do Senado, será aprovado o Orçamento da União, possibilitando a efetividade na continuidade do ‘Catarata Zero’, no município de Porto Nacional, através de emenda impositiva. Para dar ação ao projeto, foi solicitado pela parlamentar, a Regulação de Porto e das cidades acopladas.  Após esse processo, a ação dará início, com projeto sendo aprovado na Câmara Municipal. A estimativa a nível estadual é de alcançar as 10 maiores cidades do Estado.

Conforme relatado, os recursos são destinados para as maiores cidades tocantinenses, tornando-as Pólos, a fim de atenderem as cidades vinculadas. Na etapa anterior em Porto e região, o programa atendeu do município de Brejinho 24 pessoas com cirurgias, em Chapada da Natividade 11 foram operadas, Fátima 34, Ipueiras 14, Mateiros 13, Pindorama 50, Santa Rosa 44, Silvanópolis 42, e Porto Nacional 792 pessoas.

 

30 milhões de emendas

Ronivon expôs para senadora, que no Ministério do Turismo existem recursos para Porto Nacional que se aproxima da ordem de 30 milhões e, que escasseia da efetivação do valor para o município. Com a solicitação, a Senadora garantiu intermediar com Gilson Machado, Ministro do Turismo, sobre a liberação do montante de emendas, do ano de 2020.

As emendas são do deputado federal, Vicentinho Júnior (PL), do deputado federal Gaguim (Podemos), e do Senador Eduardo Gomes (MDB). Entre as destinações, entra a reforma da praia, ampliação da Orla, Praça Cultural, Sinalização Turística e melhorias de vias que dão acesso aos pontos turísticos.

 

1 Milhão em lama asfáltica

Na ocasião, a senadora solicitou a reforma da Usina de asfalto ao prefeito, e garantiu 1 milhão para asfaltar a cidade. “Temos muitos asfaltos velhos que precisam serem recapeados e, asfalto novo, de alguns setores que ainda precisam ter o asfalto. Ele vai reformar a usina de asfalto antiga que tem aqui, ainda da época do Paulo Mourão. Eu irei colocar rapidamente recursos para compra de lama asfáltica, essa lama asfáltica é o piche,  é o chão preto, para que a gente posso recapear o mais rápido possível.  O prefeito está fazendo o levantamento de quantos quilômetros de asfalto serão feitos em Porto Nacional, com 1 milhão de reais; e juntamente com a reforma da máquina, da Usina que tem aqui,  que já está a 12 anos parada”, expôs.

 

Consórcio do Jalapão

Durante o encontro, foi apresentado o consórcio do Jalapão e firmado acordo com o prefeito Ronivon. A Senadora estará aguardando as respostas dos contatos dos prefeitos que Ronivon convidará para integrarem no consórcio intermunicipal. “Estamos fazendo um consórcio aqui da região do Jalapão, para que possamos comprar os equipamentos para todas as cidades, que serão em torno de 12 cidades. Já fizemos na região Sul, no Bico, na região de Pedro Afonso, estamos acabando de criar o consórcio do Turismo no Jalapão e também no Sudeste, que recebeu agora 3.850 milhões para poços artesianos. O meu objetivo com os consórcios, é asfalto e água. Água no sentido de poços, açudes, tanques cavados para peixe, esse é o meu foco até o final deste mandato”, assegurou.

 

Plano de Turismo e Produção Agropecuária

Em relação ao turismo, a Senadora Kátia Abreu explanou sobre seu plano para área, e garantiu que junto com o prefeito Ronivon, discutirá o assunto em reunião com Rogério Ramos, presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae Tocantins. “Outra questão que ele (Ronivon), considera comigo muito importante, é o turismo. O turismo também traz emprego, e emprego aqui em Porto Nacional, é uma das maiores demandas do município. O turismo e a produção agropecuária, duas formas importantes de nós colaborarmos com recursos, para que essas duas atividades sejam desenvolvidas. Na área rural, temos muita produção de soja e milho, mas precisamos desenvolver aqui a produção de peixe”, ponderou a senadora.

“Além dos atrativos turísticos, temos os atrativos também de cultura, de turismo religioso, temos as Exposições Agropecuárias – que são tradicionais no Estado, as Feiras de Artesanatos, queremos que esse lago maravilhoso se transforme em um Parque Aquático de Esportes, aonde possamos trazer para aqui, torneios e campeonatos nacionais; de Jet-Sky, Lanchas e de Velas”, declarou.

“Porto Nacional não pode perder suas características de regional, um Pólo Regional da maior importância. Não podemos deixar que Porto Nacional perca esta identidade. Nós faremos tudo, para que essa identidade se torne garantida e definitiva”, concluiu.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Lidas